Ambientes abertos e integrados: Moda passada ou ainda tendência?


Os ambientes abertos, integrados cresceram em popularidade nos últimos anos e parece ser exatamente o que muitas pessoas querem para sua casa.

E porque esta tendência está tão na moda, e quais são os prós e contras de espaços abertos?
O que significa espaço aberto?

Um espaço aberto é um espaço com poucas ou nenhuma parede divisória entre diferentes ambientes. Em geral, refere-se às áreas de sociais da casa - ou seja, cozinha, sala de estar e sala de jantar - e, entende-se
exatamente isso, um layout aberto, com poucas paredes, um único ambiente em um grande espaço.


Três razões pelas quais o espaço aberto é uma solução ideal

Já há algum tempo existe uma forte tendência para a área de espaço aberto. É um pedido comum em  projetos de reestruturação recentes e em sua maioria se refere a salas de estar, salas de jantar e cozinhas.

1. Ela promove socialização

Bem como outras opções de design, a opção de plano aberto tem um impacto sobre como os habitantes da casa usam o espaço e interagem uns com os outros. A ideia é viver de forma compartilhada e solidária, permitindo que os habitantes da casa se tornem mais sociáveis e incentivando o diálogo entre todos. Melhorando ainda a socialização em casos de eventos e reuniões, favorecendo os anfitriões que devem trocar de ambientes frequentemente para garantir que os convidados sejam bem servidos.

2. Promove a ligação interna / externa

O espaço aberto tem um impacto sobre o aumento da luz natural, ventilação e na ligação com o exterior. Dependendo da planta arquitetônica do imóvel, o espaço aberto, permite que todos os ocupantes, em qualquer parte do ambiente aberto, apreciem a luz e possíveis vistas como jardins e panorâmicas.

3. É uma escolha ideal para pequenos apartamentos

Quebrar as paredes é uma solução comum para aumentar a sensação de espaço em pequenas casas. Ao comprar um imóvel mais e mais pessoas querem um local arejado, espaçoso e luminoso, e com a oferta cada vez menor em termos de metragem, as pessoas procuram novos padrões.

Três razões pelas quais o espaço aberto não é uma solução tão ideal

Embora existam fortes vantagens a este tipo de layout, também existem desvantagens, e algumas pessoas pensam que é uma tendência parar de abrir os espaços.

1. Barulhos, odores e bagunça de cozinha podem ser um problema

Em geral, as cozinhas são o centro de muitos espaços abertos. No entanto, o papel da cozinha se torna um pouco complexo, já que existem também muitas pessoas que são desfavoráveis por conta de odores, pratos sujos e bagunça em geral.

Também quando é necessário o uso da cozinha durante um horário inconveniente para o resto da família, seja por estarem dormindo, estudando ou vendo TV, o barulho pode incomodar e, em um espaço aberto de forma irreversível, não se tem portas para fechar para abafar qualquer barulho. Se for possível ter duas cozinhas, ótimo, mas como esta não é a realidade da família brasileira, isso pode se tornar cansativo depois de um tempo.

2. Falta de paredes de apoio

Quando você remove as paredes, remove divisórias, superfícies que podem ser úteis. São elementos que muitos precisam, principalmente em casas pequenas já que aproveitar uma parede para móveis e prateleiras pode salvar muito espaço. Assim esta é uma das razões pelas quais o espaço aberto não é uma opção para todos. Se sua cozinha não é grande, vai se tornar ainda menor, uma vez que a parede onde você pode colocar seus armários ou geladeira vai desaparecer.

3. Não há privacidade

Um dos problemas encontrados com o espaço aberto pode ser a confusão. Especialmente para famílias maiores. Como fazer quando duas ou mais pessoas da mesma família recebem grupos diferentes de visitas? Como separar as conversas e atividades e ainda permanecer no espaço social da casa? Pode ser complicado receber amigos na sala de estar enquanto outra pessoa inevitavelmente tem que usar a cozinha.

Mas, e a tendência?

A popularidade do espaço aberto é global, é uma tendência internacional. E, assim como tudo que está em evidência, temos aqueles que gostam e os que não gostam.

Esta tendência, hoje, se encontra desta forma. Foi difundida e agradou a muitas pessoas no mundo todo, porém, aqueles que têm dúvidas sobre este conceito 'open space' estão levantando novas possibilidades de integração de espaços.

A capacidade de abrir ou fechar os espaços, conforme necessário.


A flexibilidade é crucial para muitas pessoas. O espaço aberto é excelente, mas há ocasiões em que é mais prático e até convidativo ter ambientes separados. Por isso, cresce também a busca por soluções, onde o layout pode ser personalizado com portas de correr, separação de ambientes com móveis etc.

A tendência é ser multifuncional e adaptável.

Otimizar o espaço e torná-lo multifuncional, especialmente porque cada metro quadrado é extremamente caro. Ser capaz de utilizar todo o espaço em vez de apenas a metade do mesmo, aumenta, entre outras coisas, o valor da propriedade.

Nenhum comentário