Apartamento escandinavo em dose dupla!


Este apartamento de um quarto de 63 metros quadrados distribuídos em uma boa planta, com reformas de bom gosto, mantendo características originais e janelas em duas faces, fica neste prédio de 1910 em um local isolado e tranquilo de Gotemburgo na Suécia. O apartamento passou por duas grandes
reformas em 1979 e 2010, para então ser colocado à venda. Uma das reformas foi tão grande que o prédio todo passou por uma renovação, inclusive sua a fachada.


Veja que rua fofa e que lindo prédio antigo
A planta também tem uma boa distribuição

Sua reforma e décor foram feitos de acordo com o estilo escandinavo, afinal é lá mesmo que está o apartamento, na Escandinávia ;) E como não havia um cliente em especial, já que se tratava de um imóvel para ser colocado à venda, a designer Anna Furbacken teve carta branca, bastando apenas se preocupar com uma certa neutralidade para que agradasse a potenciais compradores, levando em consideração o bairro, o tipo de construção e o estilo da vizinhança.

Assim, a designer optou por manter o clássico estilo escandinavo, jovial, sem muitos itens que fossem difíceis de remover, plantas e cores que agradam à maioria.

Logo na entrada, o hall foi mantido livre de móveis, usando-se apenas alguns acessórios, inclusive um espelho para ampliar e iluminar bem o local. O piso e paredes pintados de branco ajudam a sensação de amplitude.


A cozinha do apartamento é bastante luminosa e espaçosa, com muito espaço para armazenamento e ainda para uma mesa de refeições.

Ao fundo da cozinha uma porta dupla leva para o varanda na face sul. Esta varanda fica em direção ao pátio interno e da à cozinha uma extensão natural ao ar livre. Por isso foi possível usar o verde profundo (quase preto) na parede oposta sem escurecer o ambiente, ao contrário, a cor escura dá profundidade e destaque ao restante. O piso é o mesmo do hall, madeira pintada de branco.



  

A generosa sala de estar com duas grandes janelas, que, juntamente com as paredes brancas e o piso de madeira original tratado, se torna um ambiente extremamente luminoso e agradável. Tem ainda o teto bem alto que ajuda na sensação de amplitude. Poucos móveis, muitas texturas e muitas plantas ajudam na sensação de conforto.



O quarto mantém as mesmas características arquitetônicas da sala com teto alto, duas janelas altas dão luz, o piso de madeira e paredes brancas. A ideia aqui foi a mesma, trazer conforto com camadas de textura, poucas cores, plantas e objetos em madeira que complementam esse ar de aconchego.



Um banheiro não muito grande, aproveitado da melhor forma. O vaso sanitário apoiado a uma meia parede, oferece um plano de apoio extra. No piso, pequenas pastilhas cinzas que complementam os azulejos em dois tipos de formatos e tons de cinza.


Bem legal né? E você, o que achou do estilo escandinavo feito em seu local de origem?! <3

Projeto: Anna Furbacken
Imagens: Anders Bergstedt

2 comentários

  1. Uau!! Surpreendente como conseguiram transmitir aconchego com tanto branco e cinza. Perfeito!!

    ResponderExcluir
  2. Oi Simone!
    Demais né?! Por isso as texturas como madeira, tecidos e plantas são importantes neste estilo.
    Um abraço e obrigada pelo comentário.

    ResponderExcluir