Como sobreviver com cozinhas estreitas


Dificilmente podemos escolher a cozinha dos nossos sonhos, do jeitinho que nos agrada e da forma mais funcional para nosso dia a dia, mas isso não quer dizer que não podemos fazer o melhor com aquilo que temos.

Cozinhas estreitas são um padrão totalmente normal com o qual estamos muito acostumados, principalmente de uns anos para cá! Mesmo em apartamentos mais contemporâneos onde as cozinhas são
feitas de forma aberta para a sala, em sua parte interna, funcional, ela acaba permanecendo com aquele formato de corredor, sempre estreito e um pouco limitador.


Se a sua cozinha é estreita, porém com bancadas dos dois lados, você já está com um pouco de vantagem pois aumenta consideravelmente seu espaço de superfície de trabalho.

Nestes casos uma boa dica para ter uma sensação de espaço maior e se sentir menos presa na cozinha corredor, é ter armários acima da bancada apenas em um dos lados. Desta forma a cozinha parece mais aberta, menos sufocante.


A cozinha tem um espaço reduzido para ser aproveitada dos dois lados de forma completa, então, a melhor forma é concentrar tudo o que precisa de um lado só da melhor forma possível e colocar armazenamentos menos profundos na outra parede. Neste caso é interessante colocar na outra parede objetos de menor utilização.


Se a cozinha não tem espaço suficiente para armários e bancadas nos dois lados (mesmo que menos profundos), não insista, deixe a outra parede livre. Às vezes o espaço de movimentação dentro do ambiente é mais importante do que as superfícies e armazenamento.


Potencialize a iluminação ao máximo que conseguir e ventilação também, assim você aumenta a amplitude e não se sente presa. Utilize o branco sempre que puder afinal ele amplia a iluminação oferecendo sempre a sensação de um lugar maior.


Dê preferência a móveis de estilo minimalista. Com menos detalhes e sem chamar muito a atenção os móveis se integram melhor no espaço deixando-o parecendo mais amplo. Neste sentido, portas de correr e puxadores invisíveis são a melhor opção.


Sempre que possível, tente dar preferência para uma ordem funcional, como a de ordem de preparação de uma comida, organizando da geladeira, para bancada com pia seguido por fogão com forno.


As bancadas para refeição são uma opção para quem quer uma mesinha na cozinha, mas nestes casos não é recomendado pois além de obstruir o espaço de circulação também se cria uma zona não muito confortável para refeição. O melhor nesta situação é aproveitar todas as superfícies na cozinha para preparo e/ou armazenamento e deixar as refeições (mesmo as mais rápidas) para a sala de jantar.

Nenhum comentário